aman 62

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rio Paraíba do Sul

 



"Rio Paraíba do Sul, tendo ao fundo a Serra do Pico das Agulhas Negras"


RIO PARAÍBA DO SUL
Rio de doces, belas e infindáveis recordações. 


Rio de capital importância para a região Sudeste, nasce em São Paulo, na Serra do Mar. É formado pelos Rios Paraibuna e Paraitininga. Mas com certeza,o seu trecho que corta a Cidade de Resende, foi (e continua sendo) o mais importante para os cadetes da AMAN. Quer no cotidiano, pelas idas e vindas à cidade, nos momentos de folga ou lazer, quando o atravessávamos usando a “Ponte Velha”(“Ponte Nilo Peçanha”-1910). Esta travessia se tornava mais bela e inspiradora, nas noites enluaradas, ocasião que suas caudalosas águas refletiam a imagem prateada da lua, em completa sintonia com a natureza. Importante também, por fazer parte do aprendizado profissional, para os cadetes, principalmente para os da Arma de Engenharia. A esse respeito, há uma referência, na “Revista Agulhas Negras 62”, na parte destinada à Engenharia, que resume sua importância:

...”Com esse espírito, constituiu-se em tradição da Engenharia Acadêmica, o batismo do “Pontoneiro”, solenidade presidida por Neptuno Régis, senhor absoluto das águas “espumosas” do nosso PARAÍBA, cenário de todas as jornadas do Pontoneiro da AMAN.”